SETEMBRO CHEGOU! E como o futebol americano pode inspirar profissionais?

Se existe uma certeza neste universo, é a da que SETEMBRO SEMPRE CHEGA!!!!!

Mas no que isso tem ligação com o Linkedin?

Bem, este é o mês em que a temporada da NFL tem início e se prolonga até fevereiro do ano seguinte. Este é um esporte, que assim como muitos outros desperta paixões e fortes emoções. No início parece um monte de brutamontes se amontoando sem ordem ou sentido, não é mesmo? Porém, quando você estuda e aprende as regras do jogo, passa a perceber a beleza contida em cada jogada, em cada tática e cada bravura em cumprir a estratégia com precisão, mantendo o foco no resultado.

E mesmo que falte apenas 2 minutos para o jogo acabar e um dos times estiver perdendo, nada está definido. Grandes partidas e memoráveis jogos foram decididos nestes instantes finais. Isso devido a inteligência, estratégia e garra dos jogadores que não se entregam, nem se dão por derrotados. Aqui, mais do que em muitos outros esportes, a filosofia de Rocky Balboa se aplica e funciona bem, devido às regras que permitem pausas estratégicas com pedidos de tempo e paralizações do relógio a cada vez que a bola sai pela lateral, “Só acaba quando termina!”

Ok, mas e o LinkedIn? Sim, vou explicar. Isso tem muito valor para a sua gestão de carreira e seu protagonismo no mundo corporativo.

Gosto de imaginar que carreiras profissionais são como grandes estratégias que levam ao fabuloso Super Bowl. Vejo que as empresas de maiores sucessos são as que possuem equipes que jogam junto, com companheirismo, garra e dedicação total, assim como os times da NFL. Penso em cada meta como uma subida de 10 jardas a ser conquistada ao longo de uma campanha que resulte em Touchdown

Muitas vezes temos que jogar no ataque, na defesa e ainda quebrar um galho no time dos especialistas. Mas, isso não será problema para quem possuir valores, objetivos e propósitos em comum com o restante da equipe, com a empresa e com a marca que representa. 

Um profissional de sucesso, a meu ver, se parece muito mais com um quarterback que resolve correr com a bola na jogada decisiva ou um kicker que se desafia ao encarar um chute de mais de 50 jardas para converter um field goal. E não com um centro avante de futebol que amarela na grande área e prefere se jogar ao chão para cavar um pênalti do que chutar e tentar fazer o gol. E pior, se quer se apresenta para bater o pênalti que cavou. 

Desta forma, vejo que a cada nova temporada de futebol americano, temos novas oportunidades de refletir, nos inspirar e aprender com este magnífico e apaixonante esporte. E poder traduzir e aplicar isso na vida profissional, na missão da manhã seguinte, na busca por vitórias, devorando metas, atropelando concorrentes e protegendo seus companheiros.

Setembro chegou e com ele mais 5 meses de NFL. E você? Preparado para mais um Kick Off de mais uma campanha que compõem sua jornada profissional?

Comercial “Super Bowl Babies Choir” para o Super Bowl 50 [2016]

Escrito por Alexandre Conte.