Como se tornar um Profissional de Marketing

marketing

O Marketing é uma área de conhecimento da administração que nasceu no início do século passado em suporte à revolução industrial, contribuindo com melhorias e profissionalização da maneira de como melhor organizar a distribuição das empresas. Acompanhando todos os debates e as mudanças causadas pelas teorias administrativas que alimentavam a evolução organizacional das empresas, o marketing foi ganhando importância, evidência, englobando novas funções e assumindo novas responsabilidades. Assim o entendimento de marketing evoluiu da simples contribuição em distribuir produtos para satisfazer necessidades e desejos, passando pela ênfase na produção, nas pessoas (ainda dentro das empresas), preocupação em alinhar toda a cadeia de valor, dos fornecedores aos canais, na comunicação, no clima e cultura organizacional até voltar-se para o estudo do mercado considerando gradativamente concorrentes, consumidores, ambiente, sociedade, e demais forças externas. Se hoje as empresas estão orientadas ao mercado e buscam compreender ao máximo os verdadeiros anseios de seus atuais consumidores e potenciais, é porque o marketing também evoluiu em sua essência a ponto de influenciar as tomadas de decisões, pautando-as em pesquisas e observações de mercado. Atualmente o pensamento de marketing é algo que transcende a placa de identificação na porta de um departamento. O pensamento de marketing hoje já está presente em toda a organização. Ou ao menos é o que podemos constatar nas empresas de maior maturidade estratégica e de sucesso reconhecido.

Ao orientar as perspectivas da organização para a melhor relação de ganhos entre partes com a missão de atender desejos e satisfações de todos os stakeholders envolvidos, o marketing não apenas se torna um conceito fundamental para o sucesso e sobrevivência do negócio em um mercado altamente competitivo mas também implanta um espírito organizacional de atingir da melhor maneira possível objetivos desenhados com reais valores financeiros, econômicos , humanos e sociais.

 Profissional de Marketing

Formação
As faculdades não ensinam tudo e nunca vão prover a formação que um profissional realmente precisa. Independente da sua área. Sim, existem faculdades melhores outras piores. Se puder, procure saber um pouco mais sobre o corpo docente, a metodologia o reconhecimento de mercado desta ou daquela faculdade. Mas quem realmente constrói sua formação é o próprio aluno. Então mude-se para a biblioteca, assista aulas em outros cursos, sugue o máximo que puder das disciplinas que lhe chamar a atenção, debata, viaje e filosofe bastante nas mesas de bar com os amigos, frequente o centro acadêmico, sempre encontrará alguma novidade por lá. Mas também saiba aproximar-se dos professores. Além de possuírem mais conhecimento e experiência que você, em breve serão seus colegas de profissão e você irá encontrar com muitos deles no mercado.

Conhecimento
Aos futuros profissionais de marketing e colegas de profissão eu recomendo que busque o conhecimento onde ele estiver.  Pra isso, leia muitos livros, blogs, revistas e jornais. Tanto os especializados como os de conhecimentos gerais. Doses de política internacional, esporte e economia nunca serão demais. Torne-se íntimo dos principais autores e executivos da área. Leve-os para a cabeceira da cama, para o banco do ônibus e até mesmo para o banheiro, dentro de seu celular ou tablet. Alimente-se de conhecimento e beba da curiosidade sempre que possível. Compreenda e assimile muitas teorias, mas também questione e coloque em cheque muitas das verdades que serão lhe impostas. Não se limite à uma graduação. Faz cursos de extensão, cursos rápidos e workshops, siga em frente. Uma pós ou MBA já deixou de ser diferencial na hora de buscar um novo emprego. Portanto, não tenha medo. Faça uma, duas, três. Somar áreas correlatas de conhecimento é sempre bem vindo. Ou seja. Um profissional de marketing com graduação em marketing ou administração e especialização em marketing não possui um curriculum muito competitivo como à alguns anos atrás. Já o mesmo profissional com uma segunda especialização em finanças, por exemplo, se torna um profissional cobiçado no mercado, pois detém conhecimentos mais concretos para realizar um trabalho com escopo financeiro. Ou mesmo para melhor mensurar riscos e resultados de investimentos. Se for ousado e tiver condições, invista em uma segunda graduação. Lembre-se os grandes pensadores da antiguidade não tinham apenas um único ofício ou campo de pesquisa. Mas não deixe de descobrir quais das áreas dentro do marketing ou ligadas a ele que mais lhe atrai e aprofunde-se. Preocupe-se em não se tornar um profissional raso. Profissionalize seu conhecimento para ser um profissional competente. Afinal, conhecimento e experiência são as melhores ferramenta de marketing que existe ao meu ver.

Social Network ConceptsEventos e Networking
Frequente muitos eventos. de pequenos encontros de lojistas do bairro a grandes congressos. Os auditórios, salões e coffee breaks dos eventos pra mim é o segundo ambiente onde gosto de trabalhar. seja no palco ou na plateia, não importa. Se faça presente. Primeiramente porque você terá a oportunidade de ouvir profissionais reconhecidos do mercado e aprender um pouco mais sobre suas trajetórias, seus desafios, seus grandes feitos, suas linhas de pensamento e também das empresas onde atuam. E o segundo ponto é que nestes eventos você conhecerá muita, muita gente. Dentre elas, muitas serão interessantes. Não deixe pra depois. Network é uma vantagem competitiva de qualquer profissional de marketing. Comece o quanto antes a montar o seu e aprenda como melhor articulá-la. Assim você também se tornará conhecido entre a “comunidade” de profissionais. Se você ainda está na faculdade e com a bolsa auxílio de seu estágio, ainda não pode pagar inscrições caríssimas para os maiores eventos, não se abata. Comece pela semana acadêmica do seu curso na faculdade. E se for possível se ofereça para participar da organização. Além de aprender com a prática, colocando a mão na massa, você estará mais próximo dos profissionais convidados e palestrantes. Além de ser visto com outros olhos pelos professores, que como já disse, você os encontrará do lado de fora da pacata universidade.

Mentores
Algo que aprendi na vida, foi a ter comigo alguns mentores e crescer ouvindo seus ensinamentos, seguir seus exemplos e me inspirar em suas atitudes e realizações. Seja um ídolo do esporte, um grande empresário, um autor ou palestrante, um professor ou até mesmo um “chefe” exemplar do trabalho. Isto nos mantém humilde. E diante daqueles que respeitamos e admiramos exercitamos a tão difícil prática de ouvir. Poder contar ou inspirar em pessoas de sucesso e de maior sabedoria sempre será uma referência valiosa. Muito aprendi com Michael Jordan sobre a prática deliberada como fator de constante melhoria contínua em busca da excelência. Quem nunca se inspirou com a criatividade e reinvenção de Steve Jobs? Particularmente tive a oportunidade de trabalhar com grandes profissionais do marketing que futuramente se tornaram exemplos, amigos e mentores e muito me orientaram em difíceis tomadas de decisão.

Experiência
Não adianta. Para ser excelente em algo, você precisa praticá-lo. Sendo assim, mãos à obra. Experimente as diversas funções e áreas dentro do marketing. Trabalha aqui e ali. Com isso e com aquilo. Trabalhe com planejamento e estratégia, mas não se torne rígido e duro demais. Vá trabalhar com comunicação, mas não se deslumbre demais. Trabalhe com canais e com vendas, mas não se deixe corromper. Experimente, ouse e desvende o máximo que puder as suas possibilidades antes de escolher a área em que pretende verticalizar-se. Quanto mais novos, maior é nossa disposição para trabalhar mais e ganhar menos em nome da experiência. Então, não deixe para depois de formado. Aproveite o título de estagiário. Ele significa: “Mão de obra barata”. Não ligue. Saiba tirar proveito disso. Conheço a história fantástica do Renato Grinberg, autor do livro “A Estratégia do Olho de Tigre”. Que entrou para o mundo da indústria fonográfica como estagiário rebobinando fitas K7. Enquanto muitos riam e viam esta como uma tarefa desqualificada e sem valor para o crescimento profissional, Renato fez desta oportunidade sua porta de entrada para o mundo da música com que tanto tinha vontade de trabalhar, onde anos depois ocupou altos postos na Sony Pictures e Warner Bros. nos Estados Unidos.

Paixão
Seja apaixonado pelo que faz. Esta é uma premissa não somente para se tornar um ótimo profissional, mas também para se tornar uma pessoa melhor. Pois se você escolher trabalhar com algo que não gosta e que não possui significado algum para você, dificilmente você conseguirá ser feliz como pessoa. Pessoas apaixonadas movem montanhas, não se abatem com adversidades nem com dificuldades. Pessoas emocionalmente envolvidas com sua profissão, não desistem diante dos muitos nãos recebidos e encaram os problemas como grandes desafios a serem superados. Profissionais apaixonados trabalham horas a mais. Não pela remuneração extra, não pela camisa da empresa, mas pelo comprometimento com o resultado. Os apaixonados não se contentam com menos do que o extraordinário. Quem ama o que faz, faz com prazer e não mede esforços para conseguir o que deseja. O apaixonado não trai o que ama nem se deixa iludir por falsas conquistas. Veja aprendizado onde os outros enxergam apenas rotinas, obrigações e chateações. Eu comentei no início deste artigo que o segundo lugar onde gosto de trabalhar é em eventos. Pois bem o primeiro é no varejo. Eu sou louco por lojas, supermercados. Adoro interagir com as pessoas e observar o comportamento dos consumidores. Pra mim a prática de consumo assim como o convívio com outros consumidores nestes ambientes coletivos é algo fantástico. Eu realmente tiro muitas lições desta “pesquisa informal de campo” e procuro validá-las de forma empírica e aplica-las em ações de marketing e fico maravilhado quando percebo que deu certo. E quando alcançamos este grau de envolvimento com nossa profissão, o retorno financeiro, o bônus, a promoção, o reconhecimento se tornam coadjuvantes em nossa vida profissional. Pois nos satisfazemos apenas com a realização de ter feito o melhor e este melhor ter sido um sucesso. Então buscamos outro desafio ainda maior para nos colocarmos à prova novamente.

E assim seguimos dia após dia estudando, pesquisando, observando, experimentando, apresentação, defendendo, aprimorando e concebendo novas ideias para satisfazer necessidades e desejos de todos ao nosso redor. Seja de clientes, de chefes, de fornecedores, de parceiros, do conjugue, dos filhos ou de nós mesmos.

Feliz 08 de maio e um estrondoso PARABÉNS para todos nós Profissionais de Marketing.

MKT_PRO_2014

 

Por Alexandre Conte

Anúncios