Como ser o Tyrion Lannister do mundo corporativo

No jogo corporativo, assim como na guerra dos tronos, possuir habilidades especiais é sempre uma vantagem competitiva valiosa para qualquer jogador.

Faço neste artigo uma adaptação das habilidades do icônico Tyrion Lannister, personagem ímpar de Game of Thrones, para com o universo corporativo. Esta referência se dá pelo fato de que Tyrion é emblematicamente uma personagem de GoT que além de conhecer muito bem suas habilidades e suas limitações, mostra-se um grande estrategista. Mesmo estando nas situações mais inusitadas e periclitantes da trama. E esta clareza e agilidade raciocínio somadas à uma visão estratégica de longo prazo o colocam sempre um passo à frente de seus inimigos. Inclusive quando está em apuros ou em desvantagem.

Em meu artigo anterior; Qual seu perfil profissional para o Game of Thrones de um mundo VUCA, abordei as características das principais casas de Westeros aplicadas ao mundo corporativo. Já a escolha pelo astuto Imp (Como também é conhecido na série e nos livros de GoT) transcende as características de sua casa, Lannister. Pois, em consequência de suas habilidades e capacidade de adaptação, Tyrion navega ao longo de sua jornada, criando alianças e reescrevendo seu caminho estabelecendo relações e defendendo causas de diferentes casas em sinergia com seus valores, ideais e objetivos. Tais como os Baratheons, Starks e Targaryens, além da própria casa Lannister. Prova de que suas habilidades o tornam uma peça tão chave quanto coringa em diversas situações.

E que empresa não gostaria de possuir um profissional tão versátil e preparado assim?

Seja para construir uma carreira, realizar uma venda, conquistar novas responsabilidades ou ainda, defender sua posição no mundo dos negócios. Agir de modo estratégico é sempre uma forma inteligente de lidar com os desafios, oponentes e dificuldades do cotidiano de qualquer jornada. Principalmente em situações críticas, complexas e/ou de conflito. E para isso, desenvolver habilidades especiais é sempre uma maneira inteligente de estar preparado para o desconhecido que nos aguarda ao longo de nossa trajetória profissional.

Minha mente é minha arma. Meu irmão tem sua espada, o rei Robert o seu martelo de guerra e eu tenho minha mente.” – Tyrion Lannister

As tão aclamadas Soft Skills, muitas vezes parecem pura cortina de fumaça para esconder hard skills deficientes. Mas pensar assim seria um ledo engano. Desenvolver habilidades comportamentais, de raciocínio e de relações interpessoais às suas principais capacitações e competências é uma forma de potencializar seus pontos fortes e minimizar suas fraquezas para estar preparado para superar eventuais ameaças além de saber identificar e ser capaz de aproveitar ou mesmo, criar novas oportunidades.

Conheça abaixo a seleção de 7 habilidades especiais que preparei para que você possa se transformar no Tyrion Lannister do mundo corporativo;

1 – Autoconhecimento

Não é a toa que este item está aqui em primeiro lugar. Pois para começar, o mais importante é ser capaz de realizar uma autoavaliação e se conhecer profundamente. Afinal, tão importante quanto conhecer seus adversários é conhecer a si mesmo. Esta é uma das primeiras e principais lições que Sun Tzu nos ensina em seu lendário livro A Arte da Guerra. Mas esta é uma abordagem, talvez, para um outro artigo.

Conhecer a si mesmo torna-se imprescindível para que se tenha plena ciência dos recursos disponíveis. No caso de um profissional, suas melhores habilidades. Além de mapear e poder trabalhar suas fraquezas a ponto que possam ser evitadas ou até mesmo neutralizadas ao longo do tempo.

Outro ponto importante de se conhecer profundamente é que seus valores moldarão seus objetivos, seu propósito e sua visão de mundo. Portanto, conhecer como seus valores foram moldados lhe atribuirá uma consciência prévia de como você traçará seus objetivos e como estará disposto ou não a percorrer diferentes caminhos da sua jornada que sejam apoiados ou não por seus valores.

Nunca se esqueça de quem você é. Porque é certo que o mundo não se esquecerá. Faça disso sua força. Assim, não poderá ser nunca a sua fraqueza. Arme-se com essa lembrança, e ela nunca poderá ser usada para magoá-lo.” – Tyrion Lannister.

 

2 – Humildade

Não importa quem você seja ou que posto ocupe. Seja humilde. A soberba é uma terrível tentação que deixa qualquer um cego diante das mais obvias decisões. Seja para tomar uma importante decisão, para seguir ordens diretas, prestar obediência ou se relacionar com outras pessoas, mesmo que não sejam influentes. Humildade é uma habilidade cada vez mais rara no mundo corporativo. Mas torna-se valiosa, pois auxilia a evitar conflitos desgastantes ou perigosos. Ajuda a criar amizades sinceras e principalmente nos tira de qualquer pedestal. O que é essencial para que que se possa ouvir críticas, repensar atitudes e questionar periodicamente se as condutas estão alinhadas com o planejamento, os objetivos e com os seus valores.

Sem humildade, você estará fadado à arrogância e a falsa autossuficiência. E uma vez neste caminho, irá parar de evoluir, pois não terá mais uma visão clara de suas deficiências e falhas. Como Tyrion, certa vez criticou a si mesmo;

Estou falhando em refletir sobre a minha falha.” – Tyrion Lannister

Nem sempre estaremos em condições de superioridade ou de vantagem imediata. Devemos procurar agir quando todas as variáveis estão a nosso favor. Mas raramente estarão. Ter a humildade para reconhecer isso é muitas vezes a diferença crucial para se conquistar o sucesso ou ser tomado pelo fracasso.

 

3 – Atenção aos detalhes

Ser capaz de observar e mapear os mínimos detalhes que constituem um ambiente, uma relação, uma cultura e os padrões de uma empresa, de um cliente, de um mercado pode ser uma fonte de informação muito rica para nutrir as suas estratégias e suas ações. Seja para compreender como ocorrem as promoções de profissionais da empresa ou para identificar por micro expressões faciais em um interlocutor com quem esteja negociando. São os pequenos detalhes que o ajudarão a ter o domínio do todo. Uma venda é feita de um conjunto de pequenos detalhes. Uma reputação profissional é construída com muitos detalhes inesquecíveis ao longo do tempo. Estar atendo aos detalhes podem lhe fazer desconfiar de certezas ou lhe certificar diante das maiores dúvidas.

Estar atento ao que ninguém mais percebe, ser curioso pelo que não está a vista e ser inconformadamente dedicado. São hábitos difíceis de treinar. Levam tempo. Mas provem uma visão de mundo muito mais profunda do que ocorre ao seu redor. Seja para melhor se adaptar. Seja para melhor construir a condição perfeita.

 

4 – Capital Social

Esta é uma habilidade composta. Se dividindo em carisma e networking. Para ser capaz de construir um capital social de valor será preciso cultivar relações. Seja uma pessoa carismática. E assim será um indivíduo amigável e bem quisto com muito mais facilidade. Isso lhe concederá condições de estabelecer novas conexões com maior facilidade. Afinal, todos gostam de ter alguém agradável, engraçado e solícito por perto. Isso lhe trará sem grandes esforços a amizade e proximidade com quem quiser e precisar. Não é por acaso que Tyrion é a personagem com mais taças de vinho em cena, em GoT. Sempre que pode, está socializando e criando momentos de partilha com seus aliados e até mesmo com suas desavenças.

Estabeleça, cultive, valorize e proteja uma vasta, variada e rica rede de contatos. Trabalhe seu networking ao nível máximo. Pois se você já desenvolveu sua humildade. Neste ponto já deve estar consciente de que não vai conseguir muito do mundo jogando sozinho. Portanto, nutra e ajude a sua rede. Se torne tão valioso para seus contatos quanto pretende que eles sejam a você um dia.

Construa e utilize seu networking de forma estratégica. Estas conexões serão seu capital social. Quanto maior e mais valioso, mais influente você se torna, pontes serão levantadas e caminhos encurtados. Assim como Tyrion estabeleceu conexões fortes de amizade, cumplicidade e fidelidade, você deve fazer o mesmo. Pois se algumas vezes a vida do pequeno anão foi salva por esta sua rede de contatos em GoT. Sua pele no mundo corporativo pode ser salva com aquela indicação de última hora ou uma ajuda inesperada. Isso vale tanto para finalizar um projeto importante, realizar uma venda estratégica ou mesmo para uma recolocação emergencial no mercado.

 

5 – Visão estratégica

Esta é uma das habilidades mais poéticas. Mas também, uma das mais difíceis de desenvolver. Não seja imediatista. Não se deixe levar pela emoção do momento. E esteja focado sempre em seus objetivos. Procure olhar a frente de cada jogada. O hoje é puro meio para o amanhã. Assim como um jogador de xadrez precisa antever as escolhas das alternativas em jogadas futuras de seus oponentes, um estrategista precisa enxergar o tempo a sua frente.

Se você definiu objetivos claros, construiu um propósito pelo qual vale lutar e arquitetou uma estratégia inteligente. Então, respeite a si mesmo e não coloque tudo a perder. Tentações irão tentar lhe seduzir. Imprevistos surgirão. E as emoções. Sim, as emoções estarão presentes. E poderão colocar tudo a perder. Seja estrategista. Engula os sapos do chefe idiota. Não torne-se confiante diante das conquistas. E não deixe que a raiva ou a paixão lhe tirem do prumo. Lembre-se. Você não precisa vencer todas as batalhas para vencer a guerra. Muitas vezes ceder um cavalo é o caminho para se chegar ao rei no tabuleiro do xadrez. Mantenha o foco nos seus objetivos, siga seu propósito e obedeça a sua estratégia. A falta de disciplina é o que faz as melhores estratégias ruírem. Pois a melhor estratégia é falha se mal executada.

Se você procurar estudar os movimentos de seus concorrentes, os padrões de comportamento dos seus consumidores, as orientações que fazem seu chefe tomar uma decisão e por aí vai. Use sua habilidade de estar atento aos detalhes para reduzir incertezas, antever movimentos e obter vantagem com cada movimento. Ser um verdadeiro estrategista consiste em agir em cada passo, cada ação, cada atitude com um propósito alinhado com sua estratégia. Do contrário, será no mínimo um grande desperdício de esforço. Tenha FOCO e seja disciplinado.

 

6 – Audácia

Para conquistar grande feitos, seus objetivos precisam ser também, grandiosos. Sonhar grande dá o mesmo esforço de sonhar pequeno. Evidentemente que construir resultados magníficos darão muito mais trabalho do que resultados medíocres. Mas, não se chega muito longe apenas com resultados medíocres, não é mesmo? Portanto, desenvolva sua audácia como um hábito. Pense sempre em tudo que se propuser a fazer, fazer com a máxima dedicação, pois cada atividade, cada tarefa deve ter a missão de lhe levar mais longe. Tenha planos ambiciosos. Mas cuidado com a ganância. Estes são conceitos distintos. A ganância é corrosiva e nociva. Já a ambição é o sentimento que lhe fará crescer.

Mas ambição sem atitude é como um barco fora d’agua. E é aí onde entra a audácia. Ser audacioso consiste em ter atitude e determinação de realizar grandes feitos. De querer fazer a diferença. Assim como Tyrion, ao longo de sua jornada escalou objetivos cada vez maiores e marchou de encontro aos maiores perigos enfrentando os piores desafios de Westeros. Você deve ter a audácia como uma habilidade presente em sua caminhada para ser capaz de almejar e conquistar grandes realizações e vitórias.

A audácia está presente em ser o primeiro a expor suas ideias em uma reunião. Em oferecer-se para integrar um novo time que está com dificuldades. Está em ser voluntário para fazer o que muitos não estão dispostos a fazer. Em sonhar grande, pensar fora da caixa e agir com determinação. Encarando assim novos desafios e se colocando em pontos sem volta. Desta forma, você estará em evidência, assumindo papeis importantes e diante de oportunidades de ser o herói que muitos precisam e fazer a diferença. Escondido atrás do anonimato e de sua zona de conforto, nunca se destacará da multidão.

 

7 – Criatividade

Diferente do que muitos pensam, a criatividade não é uma especialização. É sim, uma capacidade nexialista de articular técnicas, conhecimentos e habilidades conhecidas. Portanto, quanto mais você sabe, quanto melhor faz algo, quanto mais capacitado está, mais brilhante será a sua criatividade. Tyrion Lannister se mostra, por diversas vezes, no decorrer da trama de GoT uma das personagens mais criativas de todos os sete reinos. Sua criatividade elabora um plano inusitado de defesa na batalha da baia de Black Water que dizima a frota de navios da Stanis Baratheon ao mandar navios não tripulados carregados de fogo vivo. Mas, poderia ele ter bolado esta estratégia sem conhecimento do era e onde haviam estoques de fogo vivo? Teria ele êxito, se não tivesse previsto o movimento de Stanis em conduzir sua frota superior de navios pela baía? Ou seja, é preciso construir fundamentos, uma vasta base de conhecimento para suportar as ideias não intuitivas e inspirar conexões inesperadas.

Outra característica que constitui a criatividade é a a improvisação. Ser capaz de improvisar soluções com os recursos que possui às mãos é o grande benefício obtido pela criatividade. Mas, Tyrion possui ainda uma característica muito própria com que compila sua vasta base de conhecimentos em conjunto com sua competência de improviso. É a agilidade com que consegue raciocinar para estabelecer estas ligações. E esta velocidade transforma sua criatividade ainda mais poderosa.

Ser criativo não é uma tarefa fácil. Mas como toda habilidade pode ser treinada. Para isso, é preciso buscar formas alternativas de fazer a mesma coisa. Treinar a mente para encontrar mais de uma solução para o mesmo problema. E quanto mais prática e conhecimento existir, mais impactantes tendem a ser os produtos desta criatividade.

 

Deste modo, Tyrion Lannister nos cativou em Game of Thrones. E com estas mesmas habilidades aplicadas no mundo corporativo, você também será capaz de obter sucesso em suas campanhas. Sejam elas quais forem. Dentro e fora das empresas profissionais com estas habilidades não passarão apertos e certamente serão disputados pelos melhores líderes, pelas melhores empresas, pelos melhores clientes. Estude, treine, pratique e continue desenvolvendo estas habilidades incessantemente. Tenho convicção de que suas conquistas serão cada vez mais grandiosas.

Possuo um entendimento realista das minhas forças e fraquezas. A mente é a minha arma. E uma mente necessita de livros, assim como a espada precisa de uma pedra de amolar se quiser que se mantenha amolada. É por isso que eu leio tanto.” – Tyrion Lannister

Escrito por Alexandre Conte.